Imprimir
Acessos: 2147

N13 Soldage inspeção de solda n1 n2 endmartins

Os equipamentos em geral são fabricados por meio de uniões de partes
metálicas entre si empregando-se soldas. Há, portanto a necessidade de
se garantir, nestas uniões soldadas, um comportamento mecânico
adequado quando as mesmas forem solicitadas em serviço (por
exemplo: resistência mecânica mínima, resistência ao choque,
resistência a determinado nível de pressão interna ou externa,
resistência à corrosão, resistência ao desgaste e etc.).
Os tipos de solicitações mecânicas predominantes variam conforme a
natureza do equipamento que será construído (por ex: estrutura
metálica, tanque, vaso de pressão e etc.). Definida a natureza do
equipamento, é necessário prever a intensidade dos esforços mecânicos
a que este será submetido, sendo que a mencionada intensidade variará
de equipamento para equipamento.
Portanto, para garantir a qualidade da solda é preciso realizar a
qualificação dos procedimentos de soldagem, dos soldadores e
operadores de soldagem.
As qualificações são completamente fundamentadas em Normas e
Especificações técnicas, de modo que, seguindo-se o passo a passo do
estabelecido numa determinada Norma através dos seus requisitos,
consegue-se, ao se comparar os resultados obtidos com a tecnologia em
teste, com o critério de aceitação da Norma de qualificação em
questão, Norma aplicável, saber a respeito da aprovação dessa
tecnologia e consequentemente do seu emprego na obra principal.
Existem diferentes “Normas de Qualificação” e estas individualmente
estabelecem uma série de requisitos que deverão ser seguidos passo a
passo até que se obtenham as referidas qualificações. Os requisitos, por
sua vez, variam conforme a norma a ser utilizada na(s) qualificação (ões)
e por isso deve-se seguir a mesma norma do início ao fim de uma
determinada qualificação.

Fonte: FBTS